terça-feira, 26 de agosto de 2008

Enquete no site Último Segundo sobre aborto de bebês anencéfalos

Em Brasília, o STF realizou hoje a primeira audiência pública para discutir a descaracterização como crime do aborto de fetos anencéfalos.

Por esta razão, o site Último Segundo está querendo saber a opinião do leitor sobre o tema.

"Você é a favor da legalização do aborto de fetos com anencefalia?"

Resultado até este momento (26/8/2008 - 14:00):

Sim: 545 - 59%
Não: 371 - 41%

Vamos mudar esse resultado! Clique aqui e diga seu NÃO à legalização desse absurdo.

Não podemos deixar que deficiência física seja punida com pena de morte.

4 comentários:

sandra disse...

O próprio termo anencefalia é por demais obsoleto, pois não existe anencefalia, que seria a completa ausência de massa encefálica. Sabe -se que o termo correto é meranencefalia, pois uma parte do sistema nervoso está ausente. Pior do que isso é dizer que todas as crianças morrem antes de nascer ou logo após ao nascimento. E que matar o próprio filho é um alívio para uma mulher. Se um ser humano é só cérebro e se a vida de alguém só vale ser vivida se esse alguém estiver no perfeito exercício de suas funções cerebrais os abortistas deveriam lutar também para que todos os deficientes mentais , pessoas com paralisia infantil, ou com outras síndromes que tem retardo nas capacidades racionais do ser humano,com a síndrome de Down e tantas outras,além das pessoas que estão em coma e não tem consciência fossem igualmente assassinadas. Não o ser humano é muito mais do que um cérebro e raciocínio lógico, mental. Quem é à favor desse crime hediondo de matar uma crianças deficiente e indefesa é ainda mais deficiente pois talvez tenha um cérebro mas lhe falta um "coração", amor ao próximo evalores e isso sim identifica o ser humano em meeio às demais espécies.

leonardo disse...

O fato de ser anencéfalo não significa que a criança não tenha direito a vida.

Momento de Paz disse...

Muitos poderiam dizer: Ah! ainda bem que abreviamos o sofrimento daquela criança e também o da pobre mãe que sofria angustiada com deficiência do pequenino. Mas esquecem que somente ao autor vida cabe essa decisão, nossa visão acerca do futuro é limitada e somada a vaidade, ignorância e ao orgulho exagerado penssamos ter o poder de interferir nos vários setores da vida. Se realmente tivessemos fé fariamos o mpossível para que essa criança pudesse vir ao mundo, pois gotariámos que fosse dado a nós a oportunidade
tão ímpar.

Fausto disse...

+
PAX
O resultado final saiu e ganhamos mais uma vez.
Com 55% dos votos, o aborto de indefesos foi derrotado. Mais uma vez, parabéns pela iniciativa.

link: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/08/26/enquete_mostra_que_55_dos_internautas_sao_contra_a_legalizacao_do_aborto_de_anencefalos_1599919.html